sexta-feira, 20 de julho de 2007

GP Europa - Treinos Livres

Com uma atmosfera instável, os pilotos e máquinas de Formula 1 estiveram hoje a competir nos treinos livres no circuito de Nurburgring, onde se notou um equilibrio entre a McLaren e a Ferrari. Se de manhã apareceu Lewis Hamilton a liderar a tabela de tempos, seguido pelo Ferrari de Kimi Raikonnen, a sessão da tarde mostrou uma inversão de posições, com Kimi em primeiro e Lewis em segundo.

A assistir a tudo isto, em posições secundárias, estão Filipe Massa e Fernando Alonso. O espanhol foi terceiro de manhã e e quarto à tarde, enquanto que o brasileiro foi sexto de manhã e terceiro à tarde.


No resto do pelotão, se achavam que os BMW iriam ficar como a terceira equipa na grelha... enganam-se! quem ficou nessa posição foi a Toyota, com Ralf Schumacher em quinto e Jarno Trulli em sexto. Seria brilhante... caso a sede da Toyota F1 não fosse perto dali, em Colónia!

Os BMW foram relegados para o fim do top-ten, com o alemão Nick Heidfeld em nono e Robert Kubica em décimo, superados pelo Williams-Toyota de Nico Rosberg, outro piloto que "corre em casa"...


Quem se mostra um pouco mais é Jenson Button, que depois da Honda ter-lhe renovado o seu contrato para 2008 (a ele e a Barrichello), fez o oitavo tempo: Já Rubens Barrichello foi apenas 14º. Espero que isso melhore para amanhã...


A Renault está a milhas do normal: não chegaram ao "top-ten", estão mais para o fundo da tabela do que outra coisa, e Giancarlo Fisichella está ainda à frente de Heiki Kovalainen. espero que amanhã isto não se repita...


Quanto ao estreante Marcus Winkelhock: nada de especial. Um distante último, quase quatro segundos mais lento do que Raikonnen. Nâo se espanta, dado a fraqueza do chassis Spyker e a inexperiência do piloto em testar em carros de Formula 1... amanhã há mais, na qualificação.

1 comentário:

JacintoJoaoJoaquimJorge disse...

tão enfadonho que quase adormeci... (o treino livre, não o post claro)