sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Saiu o relatório sobre o acidente mortal de Colin McRae

Esta é interessante: no mesmo dia em que começa o Rali da Noruega, vejo nas noticias especializadas que já saiu na Grã-Bretanha o relatório oficial sobre as causas do acidente de helicóptero que matou Colin McRae, em Setembro de 2007.

"O 'Air Accident Investigation Branch' divulgou o relatório do acidente de helicópetro onde Colin McRae, o seu filho e dois amigos perderam a vida a 15 de Setembro de 2007.


O organismo britânico que analisa os acidentes de aviação não chegou a conclusões significativas em relação às causas do acidente, tendo apresentado algumas situações que poderão ter contribuído para o acidente, não tendo no entanto excluído a possibilidade do mesmo se ter devido a falha técnica. Um embate com uma ave, interferência nos comandos por parte do passageiro do banco da frente ou "servo transparency" (em que o piloto tem a impressão de perder o controle da aeronave), são as prováveis causas do acidente.


O relatório revelou ainda que a licença de Colin McRae estava caducada desde 2005 e que essa mesma licença não permitia conduzir o aparelho em questão (um Eurocopter Squirrel) desde o início de 2007.

O mesmo documento faz considerações em relação aos momentos anteriores ao acidente, revelando que Colin McRae voava muito baixo e a uma velocidade excessiva entre as árvores do bosque circundante. Essas conclusões basearam-se na gravação de vídeo que foi feita por uma das vítimas do acidente pouco tempo antes da queda.


Entre as considerações divulgadas, pode ler-se que 'O piloto colocou o seu helicópetro numa situação que reduziu muito a margem de erro, ou a possibilidade de lidar com um acontecimento inesperado.'"



in Sportmotores.com




Chega-se a conclusão que as circunstâncias do acidente não são totalmente claras, mas existiam situações que poderiam ser evitados, caso seguisse as regras de segurança. Assim coloca-se, não tanto uma pedra sobre o assunto, mas uma maior luz sobre as circunstâncias deste acidente.

2 comentários:

jocasipe disse...

Tive oportunidade de falar alguns minutos com o Colin, 3 meses minutos antes da sua morte. Foi de uma simpatia extrema, e grande disponibilidade.

Foi um choque para mim. Postarei brevemente algumas fotos que lhe tirei nessa ocasião.

Aun disse...

Como sempre, nunca há um ÚNICO motivo para que se aconteça o acidente.

Excesso de confiança, alta velocidade, baixa altitude, falta de preparo (talvez) condições adversas...

Tudo isso é o que caracteriza o acidente ceifando vidas que poderiam ser salvas tentando gerenciar todos estes elementos.

Infelizmente ele foi mais uma vítima.

Abraço