sábado, 24 de agosto de 2019

Endurance: Felix da Costa Corre na Jota Sport

O português António Félix da Costa será piloto da Jota Sport na temporada de Endurance que se inicia em Silverstone, no próximo fim de semana. O piloto de Cascais correrá no lugar do venezuelano Pastor Maldonado., e terá como colegas de equipa o britânico Anthony Davidson e o mexicano Roberto Gonzalez. Não é algo novo para ele, pois já tinha corrido com ambos nas 24 Horas de Daytona, no inicio do ano.

"É uma grande oportunidade na minha carreira. Depois de um ano de experiência e aprendizagem no WEC com os GT´s, é um grande desafio ingressar na categoria LMP2 com a JOTA. Foi um carro que me dei bem desde o inicio, numa equipa muito competitiva, onde juntamente com o Roberto e o Anthony acredito que poderemos estar regularmente nos lugares do pódio. Estou desejoso de iniciar a nova temporada no próximo fim de semana.”, começou por dizer o piloto português.

"Tem sido incrível o apoio de todos os portugueses. Além do WEC espero em breve anunciar o meu restante programa desportivo para 2019/2020, mas por agora o meu foco é cem por cento na primeira corrida do WEC em Silverstone”, concluiu.

Para além da Endurance, o piloto português poderá anunciar dentro em breve que será piloto da Techeetah, na Formula E, ao lado do campeão, Jean-Eric Vergne.

WRC 2019 - Rali da Alemanha (Dia 1)

Ott Tanak lidera o Rali da Alemanha, concluídas estão as sete primeiras especiais. Ele tem uma diferença de 2,8 segundos sobre Thierry Neuville, no seu Hyundai i20, e ambos já deram uma distância em relação ao pelotão, liderado, por agora, pelo Citroen de Sebastien Ogier. O piloto francês está a 22,1 segundos do estónio da Toyota.

Depois de três semanas de pausa, após o rali da Finlândia, o WRC agora está a correr e terras alemãs, para a segunda parte do campeonato, e o piloto estónio, que chegou à Alemanha a lutar pela liderança do campeonato, começou a prova ao ataque, vencendo a primeira especial, na frente de Dani Sordo (a 0,8) e Sebastien Ogier (a 0,9). Nas especiais seguintes, Neuville venceu a segunda especial, partindo ao ataque e passando Tanak. Mas este reagiu, vencendo na primeira passagem por Mittelmosel, enquanto Ogier se atrasava devido a um pequeno erro. O estónio acabou a manhã com nova vitória, em Wadern-Weiskirchen, conseguindo um avanço de 1,5 segundos sobre Neuville.

No final dessa manhã, havia um duelo entre Tanak e Neuville, com Ogier num distante terceiro, a 13,2.

Na parte da tarde, o belga da Hyundai partiu para o contra-ataque, ganhando 1,6 segundos a Tanak, que é apenas terceiro na segunda passagem de Stein und Wein. A seguir, na segunda passagem por Mittelmosel, Tanak consegue vencer a especial com um segundo de vantagem sobre Neuville e alarga a diferença para 2,6, enquanto Ogier já estava a 17,9. E o estónio acaba o dia de novo a vencer, na segunda passagem por Wadern-Weiskirchen. Atrás, Sordo teve problemas de transmissão e perde quase um minuto, caindo para o novo lugar.

No final do dia, depois dos três primeiros, Kris Meeke é o quarto, a 25,6 segundos, que está a ser pressionado por Jari-Matti Latvala, a 27,8. Andreas Mikkelsen é sexto, a 40 segundos, doze à frente de Esapekka Lappi. Gus Greensmith é oitavo, a um minuto e cinco segundos, e a fechar o "top ten", está Dani Sordo e Kalle Rovanpera, este a 2.58 minutos.

O rali da Alemanha prossegue neste sábado, com a realização de mais oito especiais.

Noticias: Família de Lauda quer vender as suas ações na Mercedes

Três meses depois da sua morte, a família de Niki Lauda decidiu vender a sua parte das ações na Mercedes. Quem o afirma é Toto Wolff, que durante uma entrevista à Gazetta dello Sport, afirmou que a sua participação, de dez por cento - em igual percentagem que a de Toto Wolff - mudará de mãos após o final do verão. "Tomaremos uma decisão mais concreta sobre isso depois das férias de verão”, afirmou o austríaco.

Quando em 2013, pouco antes da marca alemã começar a dominar a Fórmula 1, os austríacos Niki Lauda e Toto Wolff entraram na equipa - este último vindo da Williams - cada um deles ficou com dez por cento da estrutura acionista, apesar do tricampeão do mundo ter funções não-executivas, mais de conselheiro. 

Lauda era presença assídua nos Grandes Prémios até ficar doente no verão passado, tendo sido obrigado a fazer um transplante de pulmão, em julho de 2018. Contudo, nunca recuperou o suficiente para regressar ao paddock, antes de morrer a 20 de maio, aos 70 anos de idade.

sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Rumor do Dia: Alonso na Baja 500 de Portalegre?

Desde que a Toyota Gazoo Racing ter confirmado que Fernando Alonso estará no Dakar de 2020, na Arábia Saudita, que se fala no calendário que o piloto asturiano teria para se preparar no sentido de participar na prova mais dura e famosa de todo o terreno do mundo, que terá no ano que vêm novo cenário.

A site português sportmotores.com avança com a hipótese de Alonso poder treinar na Baja 500 de Portalegre, que acontece entre os dias 24 e 26 de outubro, como forma de se treinar para a competição. A Toyota afirmou no seu comunicado que ele participará Rally Harrismith 400 (13 e 14 de setembro), prova que conta para o campeonato sul-africano de todo o terreno, e o jornal espanhol Marca diz que ele estará presente no Rally de Marrocos, entre os dias 4 e 8 de outubro.

Cintudo, o comunicado da Toyota Gazoo Racing era claro quanto ao programa de corridas de Alonso: "um programa intensivo treinos na Toyota Hilux na Europa, África e Oriente Médio para se familiarizar com os rigores do desafio da prova." Daí surgir a Baja 500 de Portalegre, que é a última do calendário da FIA World Cups for Cross Country Bajas. Nada está confirmado, é verdade, mas se quiser fazer uma preparação adequada e ter uma convivência com o seu co-piloto, Marc Coma, tudo tem de estar em cima da mesa para que o piloto das Astúrias possa chegar a janeiro e fazer uma prestação decente no Dakar.

Veremos. 

Youtube video Engeneering: Motores a Combustão e elétricos

O Joe Scott, do canal do Youtube "Awnsers with Joe", fez ontem um video sobre os motores elétricos e os a gasolina (MCI, Motores de Combustão Interna) e comparou-os, explicando como são feitos e porque um é melhor que outro. E surpresa! Não fala mal de um a favor de outro...

Enfim, vejam o video.

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

A(s) image(ns) do dia



O sitio oficial da Formula 1 meteu esta tarde as imagens em túnel de vento do que será o carro de 2021, com as novas regras. O efeito-solo poderá estar de volta, teremos jantes de 18 polegadas, pneus de baixo perfil, uma nova asa traseira, que deverá ver reduzida a perda de arrastamento para o carro de trás em 40 por cento, entre outras novidades. 

Não vai ser tudo, mas é o essencial. Há outras coisas que ainda estão a ser discutidas - o regresso do reabastecimento está em cima da mesa, por exemplo - mas daquilo que está a ser visto por estas imagens, parece ser um carro bem feito. Não há nada totalmente novo - o efeito-solo tem mais de 40 anos - mas o conjunto de coisas poderá ter feito esses chassis bem nascidos-

Resta saber mais algumas coisas. Primeiro: a aplicabilidade prática. Segundo: as equipas gostarão do que vêm? E Terceiro: já estarão a procurar por maneiras de superar a concorrência? Aposto o que quiserem que o Adrian Newey deve andar neste momento a calcular as partes nos quais poderá melhorar aquele chassis...

Youtube Rally Video: Os testes de Thierry Neuville para o Rali da Alemanha

O Rali da Alemanha está prestes a começar - hoje foi o shakedown - e os pilotos já aproveitaram a semana que passou para fazer testes para esta prova, uma das poucas em asfalto, mas certamente a mais veloz do campeonato. 

Neste video, está Thierry Neuville a andar nas estradas alemãs a bordo do seu Hyundai i20 WRC.

Rumor do Dia: Ocon a caminho da Renault?

Esteban Ocon anda a procurar activamente um lugar para a temporada de 2020, depois de ter ficado de fora este ano quando o seu lugar na Force India foi ocupado por Lance Stroll. Contudo, se muitos gostariam que ele fosse para a Mercedes, e assim desalojar Valtteri Bottas, afinal, ele poderá estar a caminho da Renault, que já o acolheu como piloto de reserva.

Segundo conta o Auto Bild, o piloto francês de 22 anos poderá ter tudo acertado com a equipa do losango, provavelmente no lugar de Nico Hulkenberg, apesar de nesta temporada, o piloto alemão estar apenas cinco pontos atrás de Daniel Ricciardo, depois de doze corridas no campeonato. Quanto a Hulkenberg, a publicação fala que poderá estar a caminho da Haas.

Caso aconteça, não seria a primeira altura que Ocon tenha estado na Renault. Em 2016, colaborou com a equipa como terceiro piloto até ser chamado pela Manor para que corresse com eles na segunda parte daquela temporada, antes de ter corrido pela Force India em 2017 e 2018. 

Youtube Motorsport Film: O acidente mortal de Mike Hawthorn

Em janeiro passaram-se 60 anos sobre a morte de Mike Hawthorn, num acidente de viação em Guilford, no Surrey, quando guiava um Jaguar. Contudo, o que não sabia é que, três dias antes, tinha sido homenageado pelos seus pares pelo título mundial alcançado no ano anterior, por ser o primeiro campeão britânico de Formula 1.

Neste filme da British Pathé, eles recordam a sua carreira e os seus feitos, especialmente o seu triunfo nas 24 Horas de Le Mans de 1955, marcado pelo pior acidente da história do automobilismo.

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Kimilainen: "A W Series superou as minhas expectativas"

A finlandesa Emilia Kimilainen ficou agradavelmente surpreendida com a W Series, a série exclusivamente feminina que surgiu este ano para dar uma chance às mulheres-piloto para irem mais longe, como a Formula 1 e a Endurance, entre outros. Numa entrevista ao site brasileiro Grande Prémio, a piloto avaliou a maneira como foram tratadas quer na formação, quer na preparação física para as corridas da temporada, vencida pela britânica Jamie Chadwick.

A W Series superou minhas expectativas. Fiquei impressionada como foi profissional. Todas as pilotas foram capazes de se focar em apenas serem atletas, sem nenhuma política envolvida”, começou por afirmar.

Tivemos o privilégio de trabalhar com uma das melhores operadoras de corrida do mundo, a Hitech GP, e tivemos cuidado de saúde e fitness da Hintsa Performance, uma companhia em que médicos e treinadores cuidam de muitos pilotos da Formula 1 e outros atletas de ponta”, seguiu.

Além disso, fomos custeadas e não precisamos lidar com nenhum gasto relacionado a corrida. Então não poderia pedir por nada melhor. Sou muito agradecida e honrada por estar envolvida em uma organização e categoria tão profissionais”, completou.

Neste ano de estreia, não teve vida fácil. Um acidente em Zolder a impediu de participar numa proa, mas depois acabou por vencer em Assen e ser segunda classificada em Brands Hatch, acabando o ano no quinto lugar do campeonato, esperando voltar na próxima temporada. 

Noticias: Brown quer decisões sobre regulamentos já

O CEO da McLaren quer que a FIA se decida definitivamente sobre os regulamentos de 2021. Com as discussões sobre os aspectos técnicos a prolongarem-se até outubro, depois de terem aceite o princípio de um tecto orçamental, Zak Brown pretende que isso seja já resolvido, sob pena de ser adiado por mais algum tempo, o que não é bom para as equipas.

Estamos a falar sobre a mesma questão uma e outra vez. Muito pouco progresso é feito porque todas as equipas declararam sua posição, e isso não vai mudar. Assim, parece que falamos das mesmas questões que as várias equipas têm, e por isso penso que neste momento a Fórmula 1 e a FIA só precisam de tomar a decisão e avançar porque não acho que vão ouvir nada de novo das equipas na próxima reunião do Grupo de Estratégia ou na reunião do Grupo de Estratégia seguinte que não tenham ouvido nos últimos 12 meses”, afirmou o CEO da McLaren. 

A ideia, e vocês [os meios de comunicação] sabem disso tão bem quanto qualquer um, de que as 10 equipas vão convergir pela primeira vez na história da Fórmula 1 nos próximos três meses não vai acontecer. Acho que está na hora de colocar o espectáculo na estrada”, concluiu.

A maneira como fala sobre isto poderá indicar uma pressão para que Ross Brawn apresente já no outono os novos regulamentos, sob pena de adiarem por mais um ano a sua implementação, bem como mostrar ao mundo que a Formula 1 está a tornar-se em algo ingovernável.

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Youtube Motorsport Statistics: A evolução da pontuação dos pilotos

Por acaso conheço este site, mas não o sigo frequentemente. Logo, fiquei surpreso quando soube que tinham feito o gráfico dos pilotos e a evolução da sua pontuação ao longo da carreira. O critério é a pontuação que é usado desde 2010, e de uma certa forma, poderemos assistir a algumas surpresas. Ver Juan Manuel Fangio, Jim Clark, Jackie Stewart ou Niki Lauda, entre outros, a serem os pilotos mais pontuados da história, mas... Carlos Reutemann

Enfim, vejam o video.

Youtube Dakar Testing: O teste de Fernando Alonso com o Hilux


Agora que foi anunciada a participação de Fernando Alonso para o Dakar de 2020, recorde-se um video divulgado pela Toyota no passado mês de março sobre o teste que o piloto espanhol fez no deserto sul-africano com o Toyota Hilux no qual Nasser Al Attiyah venceu o Dakar de 2019, nas areias peruanas. 

Noticias: Alonso irá correr no Dakar

O piloto espanhol deseja experimentar todas as categorias do automobilismo que forem possíveis. E esta manhã, Fernando Alonso foi confirmado pela Toyota que disputará o Dakar de 2020, que acontecerá nas areias sauditas, a bordo de um Hilux. Depois de vários testes ao longo deste Verão na África do Sul, e,e irá fazer um primeiro passeio não competitivo no Harrismith 400 na África do Sul, quinta ronda da série de Todo-o-Terreno sul-africana, que acontecerá no fim de semana de 13 e 14 de setembro.

Ainda não se sabe quem será o seu co-piloto, mas a imprensa desportiva espanhola aponta que Marc Coma se sentará do lado direito do cockpit.

Glyn Hall, Director da equipa Toyoya Gazoo Motorsport, afirmou: 

Em Março deste ano, concluímos uma bem sucedida avaliação de dois dias com Fernando na nossa Toyota Hilux, vencedora do Dakar, na África Austral, que provou ser uma valiosa experiência de aprendizagem. Não só o Fernando gostou muito da experiência, como também o podíamos adaptar e melhorar cada vez que se colocava atrás do volante. Ficou claro que Fernando veio para o teste preparado e estava pronto para absorver tudo o que lhe mostramos. O ataque ao rali é novo para o Fernando e estou certo de que ele tem a habilidade e o espírito para enfrentar esse desafio. Como campeões do Dakar com uma longa história no rally, estou confiante de que podemos trabalhar bem com Fernando para aumentar a sua confiança na competição de rali nos próximos meses."

Fernando Alonso complementou: “Estou muito animado para continuar minha aventura com a Toyota Gazoo Racing. Juntos, alcançamos muito desde que pilotamos uma Toyota pela primeira vez em novembro de 2017, com as nossas duas vitórias consecutivas em Le Mans, o campeonato Mundial de Endurance de equipas e o título de pilotos com os meus colegas de equipa Sébastien [Buemi] e Kazuki [Nakajima]. Eu tive um gostinho de ralis off-road no início deste ano e isso me deixou com uma sensação boa que eu quero prolongar." 

"Sabia que seria uma experiência totalmente diferente com uma curva de aprendizado íngreme, mas a Hilux parecia ótima; Isso me deu tanta confiança tão rapidamente e eu estava melhorando loop após loop. Estou ansioso pelos próximos meses de treino, conhecendo a Hilux e trabalhando com a equipa. Sempre defendi que queria procurar novos desafios em diferentes disciplinas e estou numa ótima equipa para fazer isso.”, continuou.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Youtube Motorsport Interview: Uma entrevista a Alice Powell

Já disse por aqui que tenho a minha admiração pelo Mario Muth e a maneira como faz os seus videos, as suas entrevistas, com as pessoas envolvidas no automobilismo. Claro que não sou o único a admirá-lo, e a melhor prova disso é o pessoal que cuida da W Series, a competição exclusivamente feminina, ter pedido a ele para fazer o mesmo tipo de entrevista às pilotos que correm na competição, começando pela britânica Alice Powell, talvez a mais experimentada das pilotos no pelotão.