terça-feira, 8 de maio de 2018

Os salários do WRC

Quem é o mais bem pago? Isso é algo do qual se falarmos sobre isso na Formula 1, é alvo da curiosidade de todos, sempre que aparecem os números na imprensa. Contudo para outras modalidades, tal ideia é mais rara. E é o que aconteceu esta semana, quando AutoHebdoSport, em conjunto com a finlandesa iltalehti.fi, levantou o véu sobre os vencimentos - aproximados - dos principais pilotos do Mundial de Ralis.

E o mais bem pago de todos? Sebastien Ogier, claro: oito milhões de euros por temporada, mais extras prova a prova. E ele ganha pouco me nos do dobro de Jari-Matti Latvala, que na Toyota leva para casa 4,5 milhoes de euros por ano. Thierry Neuville, da Hyundai, leva três milhões de euros.

Todo o resto - a tal segunda linha - recebe na ordem do 1 a 1,5 milhões de euros por temporada.

O mais interessante no meio disto tudo é Kalle Rovanpera. O filho de Harri Rovanpera, nascido no ano 2000 - ou seja, já tem 18 anos - tem 200 mil euros em termos de... contratos publicitários, ao que se acrescentam cem mil euros da Skoda, por guiar no seu R5 da equipa oficial. Nada mau, hein?

Mas no meio disto tudo, comparado com a Formula 1, estes são vencimentos baixos. O que ganha Ogier é menos de metade que ganha Sebastian Vettel ou Lewis Hamilton na categoria máxima do automobilismo, e isso é impressionante.

Sem comentários: