domingo, 13 de maio de 2007

GP Espanha: A corrida

A corrida em si não foi muito emocionante, pelo menos em relação à liderança. Feilpe Massa levou a melhor sobre Fernando Alonso, que tentou passá-lo na primeira curva, mas acabou por sair da pista, e foi ultrapassado por Hamilton e Kovalainen. No final, Alonso beneficiou com a desistência do finlandês, devido a uma pane eletrica, mas viu o seu companheiro inglês terminar em segundo, e assim sendo, Lewis Hamilton, na sua quarta corrida da sua carreira, sairá de Barcelona como o novo lider do Campeonato do Mundo!


Mas se a emoção não foi grande nos lugares da frente, não faltou emoção atrás, especialmente entre o Red Bull de David Coulthard, o Williams de Nico Rosberg, e os Renault de Heikki Kovalainen e de Giancarlo Fisichella, e mais para o final, o Super Aguri de Takuma Sato. Beneficiando do atraso (e mais tarde a desistência) de Nick Heidfeld, e com Robert Kubica instalado no quarto lugar, Coulthard usou a sua veterania para dar 4 pontos à Red Bull, provando não só a evolução do chassis, mas também que a sua prova do Bahrein não foi só pura sorte...


Rosberg esteve bem, provando que aquele Williams tem um chassis bem nascido. Só espero que o saibam evoluir... os Renault melhoraram em relação às corridas anteriores, mas os lugares finais dixaram um pouco a desejar. Especialmente quando Fisichella não conseguiu desalojar... Takuma Sato, que fez hoje história ao dar à Super Aguri o seu primeiro ponto da sua história. E não houve nehuma hecatombe à sua frente...


Quanto ao resto... Barrichello foi 10º, Button 12º, os Toyota não acabaram e Sutil foi melhor do que Albers. Substituto à vista?

3 comentários:

Felipe Maciel disse...

Massa deixou o Alonso tristinho...
Felipe fez uma corrida perfeita e mereceu mais uma vez essa vitória.
Coulthard também mereceu seus pontinhos.
Rubinho estava confiante demais mas deu no que deu. Como pode ser tão azarado? Justo quando começa a andar na frente do Button, não consegue marcar pontos. Depois chega em Mônaco e o inglês pontua enquanto ele abandona. Duvida?
Parabéns ao Sato! Odiava ele na época da BAR mas agora é um outro piloto e fez uma corrida histórica para a equipe.
Aliás, nessa corrida ninguém passou ninguém, praticamente. Bem que a gente queria acreditar na lenda da nova chicane mas foi um fracasso.

Speeder_76 disse...

Não te admires se qualquer dia o cricuito de Barcelona se transforma numa pista de Kart tamanho-gigante... mas gostei da corrida, principalmente pelo Coulthard e pelo Sato.

Rogério Magalhães disse...

Tirando as duas ponteiras e a BMW-Sauber que já faz parte de um bloco a parte, o vencedor da corrida foi mesmo o Coulthard, que conseguiu segurar o quinto lugar mesmo sem a terceira marcha... e grande Sato, bela corrida, premiada com a burrice nas contas de gasosa do Fisico pela Renault... mas a cena foi mesmo a disputa de cabra macho do Felipe com o Alonso, dessa vez deu certo, ao contrário da Malásia, e o brasileiro soltou um "aqui não, farroupilha" para o Alonso... aliás, a cara de bunda do espanhol no pódio e na coletiva de imprensa foi impagável, não teve preço! E o Massa ainda deu um "pedala, Robinho" quando cumprimentou o Hamilton... mas essa pista de Barcelona é um mega-autorama, só trilho... tanto que as emoções ficaram nos boxes... mas valeu a diversão, até de ficar caçando transmissão pela internet diante da interrupção da corrida para ver missa do Chico Bento XVI...